EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Banco dos Países Baixos lamenta participação na escravatura

O pedido de desculpas foi apresentado após investigações sobre o passado do banco
O pedido de desculpas foi apresentado após investigações sobre o passado do banco Direitos de autor NLNOS
Direitos de autor NLNOS
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Chefe da instituição pediu desculpa por ações cometidas no século XIX

PUBLICIDADE

O Banco dos Países Baixos pediu desculpa pelo envolvimento da instituição no comércio de escravos do século XIX.

O ato de contrição foi feito pelo chefe do banco holandês durante um evento, em Amesterdão, no dia nacional que marcou a abolição da escravatura no país.

O chamado Keti Koti, que significa quebrar as correntes, é oficialmente um feriado surinamês e celebra abolição formal da escravatura no Suriname e nas Antilhas Holandesas, em 1863.

Keti Koti foi comemorado no monumento do Passado e Herança da Escravatura Holandesa no Oosterpark de Amesterdão.

O pedido de desculpas foi apresentado após investigações sobre o passado do banco e conversas com descendentes de pessoas escravizadas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Denúncias de "semi-escravatura" a bordo de navios de cruzeiro MSC

O futuro do passado da escravatura na América em Angola

Escravatura moderna no pequeno ecrã