EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Brasil quer comprar o máximo de gasóleo possível à Rússia

AP
AP Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  EURONEWS
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Vontade foi partilhada pelo ministro brasileiro das Relações Exteriores que usou argumentou com a dependência da Europa dos combustíveis russos

PUBLICIDADE

O Ministro das Relações Exteriores do Brasil anunciou que pretende comprar o máximo de gasóleo à Rússia, apesar da guerra na Ucrânia.

De acordo com o ministro Carlos França, o Brasil está a fechar um negócio de compra de Diesel a um preço mais barato. 

Confrontado com a decisão, refere a dependência da Alemanha e da Europa de Putin.

"Nós dependemos muito de fertilizantes, exportações da Rússia e da Bielorrússia também e, claro, a Rússia é um grande fornecedor de petróleo e gás. Pode perguntar isso à Alemanha. Pode perguntar à Europa também.", afirmou o ministro Carlos França. "Claro que temos que nos certificar de que temos gasóleo suficiente para o agronegócio brasileiro e, claro, para os motoristas brasileiros", afirmando que o Brasil vai comprar "tanto quanto possível". 

Jair Bolsonaro já tinha afirmado que o combustível russo começava a chegar antes do final do verão. Na altura, o presidente brasileiro afirmou que Moscovo oferecia condições muito mais favoráveis do que que outros fornecedores.

Mesmo depois da guerra na Ucrânia, o Brasil não impôs sanções económicas a Rússia e insistiu na participação da delegação russa nas reuniões do G20.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Brasil entre a fartura de cereais para exportar e a fome entre o povo

Indígenas brasileiros pedem justiça por ativista e jornalista desaparecidos na Amazónia

Polícia brasileira prende antigo ministro da Educação Milton Ribeiro