This content is not available in your region

Economia dos EUA em recessão técnica

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
O aumento da inflação e a subida dos preços dos alimentos e da energia condicionou o consumo das famílias norte-americanas
O aumento da inflação e a subida dos preços dos alimentos e da energia condicionou o consumo das famílias norte-americanas   -   Direitos de autor  Diritti d'autore John Raoux/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved

A economia dos Estados Unidos da América entrou em recessão técnica depois de registar recuos pelo segundo trimestre consecutivo.

O Produto Interno Bruto do país caiu 0,9% entre abril e junho deste ano, isto depois de ter recuado 1,6% nos primeiros três meses de 2022. Os dados foram divulgados esta quinta-feira pelo Departamento do Comércio norte-americano.

O aumento da inflação e a subida dos preços dos alimentos e da energia, em especial depois da invasão russa da Ucrânia, condicionou o consumo das famílias norte-americanas e limitou o investimento empresarial.

A divulgação dos dados ocorre um dia depois da Reserva Federal dos EUA ter promovido uma nova subida dos juros — de 75 pontos base — para tentar controlar a inflação, cuja taxa se encontra em máximos de várias décadas.

Esta quinta-feira, o presidente norte-americano, Joe Biden, disse que "não é surpresa" que a economia esteja a abrandar, mas que o país está no "caminho certo". Numa declaração, no Twitter, Biden argumentou que o desenvolvimento não era inesperado dado o crescimento "histórico" do PIB do país no ano passado e dos esforços da Reserva Federal para conter a inflação.