Região russa de Ryazan está a arder há três semanas

Fogos florestais na região de Ryazan, na Rússia
Fogos florestais na região de Ryazan, na Rússia Direitos de autor Russian Emergencies Ministry / AFP
Direitos de autor Russian Emergencies Ministry / AFP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os incêndios da região de Ryazan, a 180 quilómetros de Moscovo, estão ativos há três semanas, alimentados pelo vento e temperaturas altas

PUBLICIDADE

Os fogos florestais na região de Ryazan, na Rússia, não dão descanso aos bombeiros.

Nas últimas 24 horas a extensão ardida terá aumentado cerca de 2.600 hectares, totalizando cerca de 17.500 hectares desde o início de agosto.

A região que está a arder situa-se a cerca de 180 quilómetros de Moscovo. Desde há dez dias que o cheiro a queimado e o fumo se fazem sentir na cidade.

Os bombeiros lutam com dificuldades não só pela extensão da área a arder, mas também pelas condições meteorológicas, com ventos fortes e temperaturas que ultrapassam os 30 graus.

O primeiro foco de incêndio na região ocorreu no dia 7 de agosto; o segundo, um dia depois.

Desde aí as chamas têm lavrado sem parar.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rússia aborta lançamento do foguetão Angara-A5 a minutos da descolagem

Rússia e Cazaquistão vivem "piores cheias em décadas"

Centenas de russos protestam contra “inércia” das autoridades após inundações