Mikhail Gorbachev sem direito a funeral de Estado

Mikhail Gorbachev sem direito a funeral de Estado
Mikhail Gorbachev sem direito a funeral de Estado Direitos de autor  يفغينيا نوفوزينين/ أ ف ب
Direitos de autor  يفغينيا نوفوزينين/ أ ف ب
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Cerimónias fúnebres do último líder da União Soviética decorrem este sábado sem a presença de Vladimir Putin

PUBLICIDADE

Moscovo despede-se discretamente de Mikhail Gorbachev, as cerimónias fúnebres decorrem este sábado mas o último líder da União Soviética não terá direito a honras de Estado nem a dia de luto nacional. Mesmo o atual Presidente, Vladimir Putin, já fez saber que estaria ausente por ter a agenda preenchida.

Também não se prevê a presença de chefes de Estado estrangeiros, devido ao isolamento imposto à Rússia pela guerra em curso na Ucrânia, a exceção dá pelo nome de Viktor Orbán, o primeiro-ministro húngaro confirmou a sua presença na capital russa para se despedir de Gorbachev.

Visto no Ocidente como o pai da "Perestroika" e uma das grandes figuras da democracia no século XX, o Prémio Nobel da Paz em 1990 está longe de ser uma figura consensual da Rússia, onde é visto como o responsável pela grave crise económica que se seguiu ao desmantelamento da União Soviética.

Vladimir Putin descreveu o momento como a "maior catástrofe geopolítica do século passado".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Diplomatas estrangeiros na Rússia prestam homenagem às vítimas do Crocus City Hall

Rússia detém homem do Quirguistão suspeito de estar envolvido no último ataque a Moscovo

Suspeitos do ataque de Moscovo acusados e apresentados à imprensa com sinais de violência