This content is not available in your region

Setembro assinala os 50 anos do ataque terrorista durante Jogos Olímpicos em Munique

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Atque aos atletas israelitas durante os Jogos Olímpicos de Munique
Atque aos atletas israelitas durante os Jogos Olímpicos de Munique   -   Direitos de autor  TOBIAS SCHWARZ/AFP or licensors

Setembro assinala os 50 anos do assassinato da equipa olímpicade Israel em Munique. Os jogos que tinham começado de forma colorida terminaram num terrível banho de sangue - perante os olhos do mundo. Os Jogos Olímpicos foram interrompidos durante um curto espaço de tempo e depois retomados.

Como Chefe de Estado deste país e em nome da República Federal da Alemanha, peço-vos perdão pela falta de protecção aos atletas israelitas durante os Jogos Olímpicos de Munique e pela falta de esclarecimento posterior e, pelo facto de ter acontecido o que aconteceu.
Frank-Walter Steinmeier
Presidente da Alemanha

A tentativa de libertar os reféns falhou - a polícia alemã não estava preparada para semelhante ataque terrorista.

Em nome da Cidade de Munique, estou hoje, 50 anos depois, envergonhado. Os responsáveis pelos Jogos Olímpicos de Verão de 1972, em Munique, cometeram erros do momento. Lamento muito por isso e peço desculpa. Peço desculpa pelo facto de, após o ataque, não terem feito o que a humanidade teria exigido: admitir os erros e assumir a responsabilidade por eles.
Dieter Reiter
Presidente da Câmara de Munique

Os familiares das vítimas lutaram durante décadas pela responsabilização dos alemães e por uma indemnização adequada.

Poucos dias antes da data que assinala o ataque, o governo federal e representantes das famílias chegaram a acordo sobre uma indemnização no valor de, aproximadamente, de 28 milhões de euros.