Alemanha expõe peças que vai devolver à Nigéria

Estão expostas mais de quatro centenas das famosas peças de bronze do antigo Reino do Benim
Estão expostas mais de quatro centenas das famosas peças de bronze do antigo Reino do Benim Direitos de autor Michael Sohn/The Associated Press
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Mostra no Fórum Humboldt, em Berlim, inclui espólio do antigo reino do Benim

PUBLICIDADE

A nova exposição do Fórum Humboldt, em Berlim, representa um momento de viragem por várias razões.

Trata-se de uma mostra dedicada à arte africana, que inclui especificamente mais de quatro centenas das famosas peças de bronze do antigo Reino do Benim, na atual Nigéria. Peças que, em grande parte, serão restituídas ao país de origem após esta última exibição.

"Estes objetos representam os nossos antepassados, os nossos pais. Agora que vão regressar a casa, irão preencher um vazio que já dura há muitos anos", afirma Kate Aina Akhadelor, da Comissão Nacional de Museus e Monumentos da Nigéria.

É, portanto, o início de todo um processo de reflexão e de reparação centrado nas repercussões da era colonial. "O processo de restituição é muito mais do que um ato administrativo. É um processo intercultural, um processo produtivo de negociação e assenta também nas referências pessoais, no autoempoderamento, na identidade cultural e na dignidade. Aprendemos a ouvir. Vocês falam, nós ouvimos", aponta Hartmut Dorgerloh, diretor do Fórum Humboldt.

A Alemanha não está isolada neste caminho: em 2021, a França devolveu ao Benim mais de duas dezenas de artefactos do antigo tesouro real.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Partido da coligação de governo perde um lugar no parlamento alemão

Preço das casas faz aumentar número de pessoas em situação de sem-abrigo na Alemanha

Marchas contra o antissemitismo na Europa