EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Fugas nos gasodutos Nord Stream investigadas como possível ataque

Fugas nos gasodutos estão a ser investigadas
Fugas nos gasodutos estão a ser investigadas Direitos de autor Michael Probst/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Michael Probst/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Uma quebra misteriosa na pressão e fugas nos gasodutos Nord Stream 1 e 2 estão a ser investigadas como um possível ataque pelas autoridades alemãs e dinamarquesas. Primeiro foram detetadas as fugas em águas suecas e dinamarquesas no gasoduto 2, depois a perda de pressão no 1.

PUBLICIDADE

Uma quebra misteriosa na pressão e fugas nos gasodutos Nord Stream 1 e 2 estão a ser investigadas como um possível ataque pelas autoridades alemãs e dinamarquesas. Primeiro foram detetadas as fugas em águas suecas e dinamarquesas no gasoduto 2, depois a perda de pressão no 1.

Citando fontes federais, o diário alemão Tagesspiegel diz que estes acontecimentos não são provavelmente uma coincidência e estão a ser considerados atos potenciais de sabotagem.

Nenhum dos gasodutos está a fornecer gás da Rússia à Alemanha neste momento. A certificação do Nord Stream 2 foi suspensa depois de a construção ter sido concluída e a Rússia interrompeu o fornecimento através do Nord Stream 1 este mês.

Embora os gasodutos não estejam a funcionar, os dois estão cheios de gás. Depois de ter sido detetada uma fuga na segunda-feira, a autoridade marítima dinamarquesa emitiu um aviso à navegação e interditou uma zona de cinco milhas náuticas à volta do gasoduto.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Já há quatro fugas nos gasodutos do Báltico

União Europeia acredita em sabotagem nos gasodutos

Ataque aéreo a Kharkiv faz pelo menos sete mortos. Zelenskyy condena brutalidade russa