EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Pelé diz "Estou forte"

O antigo jogador de futebol Pelé
O antigo jogador de futebol Pelé Direitos de autor Kirsty Wigglesworth/Copyright 2021 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Kirsty Wigglesworth/Copyright 2021 The AP. All rights reserved.
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Lenda do futebol está internada devido a um tumor no cólon, mas tranquilizou os adeptos e agradeceu o apoio

PUBLICIDADE

Pelé, a lenda do futebol mundial e brasileiro está "forte", "com muita esperança" e " "segue o tratamento como sempre".

O antigo jogador de futebol brasileiro, de 82 anos, publicou no sábado um comunicado, na rede social Intagram tranquilizando os adeptos e agradecendo o apoio depois de ter sido internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, na terça-feira, para tratamentos de quimioterapia, devido a um tumor no cólon.

Na publicação pode ler-se: "Meus amigos, eu quero manter todos tranquilos e com o pensamento positivo. Estou forte, com muita esperança e sigo meu tratamento como sempre. Quero agradecer a toda equipe médica e de enfermagem, por todo zelo que tenho recebido. Eu tenho muita fé em Deus e cada mensagem de amor que recebo de vocês, vindas mundo inteiro, me mantém cheio de energias. E assistir o Brasil na Copa do Mundo também! Muito obrigado por tudo."

Horas antes, os médicos confirmaram, em comunicado, que "Pelé segue em tratamento e o estado de saúde continua estável. Tem tido uma boa resposta, também, aos cuidados da infeção respiratória, não apresentando nenhuma pioria no quadro, nas últimas 24 horas.

Edson Arantes do Nascimento, conhecido como Pelé, sagrou-se campeão do mundo em 1958, 1962 e 1970.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Morreu "o rei" do futebol, Pelé batia-se contra um cancro do cólon

"Pelé" volta a ser estrela planetária pela Netflix

Euro 2024: França bate Áustria pela margem mínima; Eslováquia surpreende Bélgica