Na festa dos 86 anos de Jorge Bergoglio o Papa Francisco preferiu dar prendas

Jorge Bergoglio celebra 86 anos, mas como líder da Igreja Católica preferiu dar prendas
Jorge Bergoglio celebra 86 anos, mas como líder da Igreja Católica preferiu dar prendas Direitos de autor AP Photo/Andrew Medichini
De  Francisco Marques
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O padre argentino não gosta de celebrar as datas pessoais e enquanto líder da Igreja Católica preferiu passar o aniversário pessoal a dar prendas a outros

PUBLICIDADE

Jorge Bergoglio celebra este sábado 86 anos. Os últimos nove anos do argentino foram vividos já no papel de Papa Francisco.

O atual líder da Santa Sé e Sumo Pontífice da Igreja católica não gosta de grandes celebrações nestas datas pessoais, revela a agência VaticanNews. A única das suas celebrações a que dá alguma importância é a do início do sacerdócio, que chegou aos 53 anos na passada terça-feira (13 de dezembro).

A 13 de março do próximo ano, Francisco vai chegar aos 10 anos enquanto Santo Padre e, talvez por não gostar de celebrações tradicionais no respetivo aniversário, neste sábado preferiu manter-se como Pontífice e em vez de receber prendas, deu três.

O Papa Francisco recebeu na Casa de Santa MArta, no Vaticano, uma comitiva da organização Missionários pela Caridade, fundada por Madre Teresa de Calcutá, canonizada em 2016 e homenageada pelo Sumo Pontífice no prémio que serve de reconhecimento e agradecimento a pessoas que fazem a diferença na ajuda aos mais vulneráveis.

Este ano, o Papa entregou o Prémio Madre Teresa a três pessoas que têm vindo a ajudar os mais pobres.

Um deles é o padre Hanna Jallouf, que ajudou os mais vulneráveis na Síria durante a guerra civil e onde chegou a ser sequestrado.

O empresário Silvano Pedrollo, de Verona, que doa parte dos rendimentos para ajudar os mais pobres em África, na Índia e na América Latina, também recebeu a distinção.

Por fim, Gian Piero, um sem abrigo de Viarregio, na Toscana, conhecido por usar as esmolas que recebe para ajudar outras pessoas necessitadas, também foi agraciado

Outras fontes • VaticanNews

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mulheres que dizem ter sido abusadas por um jesuíta outrora famoso exigem transparência ao Vaticano

Já há árvore de Natal na Praça de São Pedro, no Vaticano

Papa Francisco cancela presença na COP28 por razões de saúde