EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Ex-ministro da Justiça de Bolsonaro detido

Ex-ministro da Justiça Anderson Torres com Jair Bolsonaro (arquivo)
Ex-ministro da Justiça Anderson Torres com Jair Bolsonaro (arquivo) Direitos de autor EVARISTO SA/AFP or licensors
Direitos de autor EVARISTO SA/AFP or licensors
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Anderson Torres é suspeito de conivência com bolsonaristas que atacaram os três poderes em brasília

PUBLICIDADE

Anderson Torres, ex-ministro da Justiça do governo do anterior presidente brasileiro Jair Bolsonaro, foi detido este sábado no aeroporto de Brasília, quando regressava dos Estados Unidos.

Torres, que exercia até à semana passada o cargo de secretário da Segurança Pública do Distrito Federal da capital, é suspeito de agir em conivência com os apoiantes radicais de Bolsonaro que invadiram as sedes dos Três Poderes no dia 8.

Esta sexta-feira, Flávio Dino, o atual ministro da Justiça de Lula da Silva, frisava que "sem o apoio de membros das forças de segurança, de uma forma geral, é óbvio que os acontecimentos de 8 de janeiro não se teriam produzido".

Bolsonaro, que se encontra nos Estados Unidos, também está a ser visado pelas investigações. O Supremo Tribunal Federal autorizou que o ex-presidente seja investigado por suspeita de ser o autor intelectual e um dos instigadores dos ataques contra os Três Poderes em Brasília.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Autoridades brasileiras apertam o cerco a bolsonaristas e ao ex-presidente

Brasil: foram chamados para salvar crianças, mas acabaram numa operação de "salvamento" de armas

Cheias no Brasil deixam mais de 100 mortos e milhares de desalojados