EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Protestos muçulmanos depois da queima de exemplar do corão na Suécia

Bandeiras queimadas e slogans contra a Suécia
Bandeiras queimadas e slogans contra a Suécia Direitos de autor Diritti d'autore AP Photo/Khalil Hamra
Direitos de autor Diritti d'autore AP Photo/Khalil Hamra
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Bandeiras queimadas e slogans contra a Suécia.

PUBLICIDADE

Bandeiras queimadas e slogans contra a Suécia. Centenas de muçulmanos reuniram-se em frente à embaixada do país nórdico em Teerão para demonstrarem a sua ira depois de um ativista de extrema-direita ter queimado um exemplar do Corão, em frente à embaixada turca em Estocolmo. Os Estados Unidos e Israel estavam também na mira dos manifestantes. 

No Iraque, muitos fiéis assinaram petições em frente de mesquitas contra o que aconteceu na Suécia, após as orações de sexta-feira.

Enquanto que no distrito xiita da cidade de Sadr em Bagdade, foram realizadas marchas para condenar o que foi considerado como sendo um sacrilégio.

Muitos pedem agora um boicote a tudo o que venha da Suécia e líderes religiosos advertem que a queima do Corão vai "levantar a ira divina".

Do Iraque ao Líbano: em Beirute, o gesto do extremista também levantou fortes protestos, na capital libanesa foram queimadas bandeiras da Suécia e dos Países Baixos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Hajj: milhões de muçulmanos em Meca para a grande peregrinação

Milhares de paquistaneses protestaram contra a queima do Corão na Suécia

União Europeia condena lei do Iraque que criminaliza homossexualidade