Eurostar a meio-gás entre Londres e a UE

Eurostar a meio-gás na ligação entre Londres e a UE
Eurostar a meio-gás na ligação entre Londres e a UE Direitos de autor Michel Euler/The AP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Postos fronteiriços não têm capacidade para controlar os passaportes de todos os viajantes

PUBLICIDADE

Os lugares vazios são já um cenário habitual no Eurostar mas nem por isso há um menor interesse na ligação ferroviária entre Londres e o continente europeu. A procura é suficiente para encher o comboio e se isso não acontece, é porque os postos fronteiriços não têm capacidade para controlar os passaportes de todos os passageiros.

Na origem do problema, além do Brexit, está a pandemia de covid-19 e o seu impacto nas ligações internacionais. O número de passageiros já regressou entretanto à normalidade mas o número de funcionários nos postos fronteiriços nem por isso.

Desde a saída do Reino Unido da União Europeia que os passaportes britânicos são processados à parte e como tal pede-se agora aos passageiros que cheguem uma hora e meia antes do comboio partir.

Apesar disso, as filas acumulam-se nas estações do Eurostar e o primeiro comboio da manhã nunca está cheio e conta com cerca de 250 lugares vazios todos os dias.

A forma encontrada pela Eurostar para contornar o problema foi reduzir em cerca de um terço o número de bilhetes vendidos.

Em Londres, o tempo de espera na estação de St. Pancras aumentou 30%. A solução está nas mãos das autoridades de Reino Unido e União Europeia e passa pelo reforço de meios disponibilizados para os controlos fronteiriços. Para os passageiros, o melhor é chegar com tempo para não perder o comboio.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Unionistas terminam bloqueio: parlamento da Irlanda do Norte pode retomar atividade no fim de semana

Batalha legal contra as "prisões" temporárias de requerentes de asilo em Inglaterra

Marcha pela reintegração do Reino Unido na União Europeia