EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Britânico condenado a 13 anos por espionagem a favor da Rússia

David Smith
David Smith Direitos de autor Metropolitan Police/AP
Direitos de autor Metropolitan Police/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

David Smith trabalhava para a embaixada britânica em Berlim e passou informações confidenciais aos russos.

PUBLICIDADE

Treze anos e dois meses da prisão por espionagem a favor de Moscovo. Foi a pena aplicada a David Smith, antigo segurança na embaixada britânica em Berlim.

Foi condenado por um tribunal de Londres num caso que fez correr muita tinta. Descrito como "anti-Britânico" e pró-Putin, Smith foi apanhado a transmitir informações confidenciais à embaixada russa na capital alemã através do telemóvel. Na sentença, o juiz disse que a Rússia, considerada um país hostil, lhe pagou para cometer uma traição. 

Smith tinha-se declarado culpado de oito acusações e justificou as ações dizendo que queria vingar-se da embaixada porque se sentia maltratado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

TikTok debate-se com preocupações sobre privacidade e receios de espionagem

Eurodeputados sem respostas sobre espionagem irregular em Espanha

Casal suspeito de espionagem a favor da Rússia detido na Suécia