Milhares nas ruas contra reforma judicial de Netanyahu

Protestos em Telavive, Israel
Protestos em Telavive, Israel Direitos de autor JACK GUEZ/AFP or licensors
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Críticos do primeiro-ministro israelita exigem fim do processo de revisão.

PUBLICIDADE

Milhares de israelitas voltaram à rua em protesto, este sábado, contra a reforma judicial de Benjamin Netanyahu. Os manifestantes exigem que o primeiro-ministro abandone de vez a controversa alteração à lei.

Netanyahu suspendeu o processo de revisão a 27 de março e adiou a votação da reforma para o próximo mês. O objetivo, disse, é dar espaço a negociações e um compromisso entre partidos.

Uma interrupção definitiva do processo de revisão parece, para já, estar posta de parte, com o executivo a criticar os juízes por alegadamente serem demasiado intervencionistas e a defender um maior controlo da justiça.

Os críticos, por outro lado, temem o fim da separação de poderes e dizem haver um conflto de interesses quando o próprio primeiro-ministro enfrenta um processo por corrupção.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente israelita oferece-se para mediar crise política

Polícia israelita usa canhões de água contra manifestantes

Netanyahu suspende reforma judicial para "evitar guerra civil"