Polónia e Hungria proíbem importações de grãos e produtos alimentares da Ucrânia

Excesso de oferta de cereais na Europa Central fez cair os preços
Excesso de oferta de cereais na Europa Central fez cair os preços Direitos de autor AFP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os dois Governos dizem pretender proteger os agricultores locais, que se queixam de estar a perder muito dinheiro com o excesso de cereais ucranianos no mercado.

PUBLICIDADE

A Polónia e a Hungria decidiram proibir as importações de grãos e outros produtos alimentares da Ucrânia. Os dois Governos dizem pretender proteger os agricultores locais, que se queixam de estar a perder muito dinheiro com o excesso de cereais ucranianos no mercado.

Um excesso de oferta na Europa Central deprimiu os preços em toda a região, depois de a invasão russa ter bloqueado alguns portos do Mar Negro.

A Ucrânia lamentou a decisão que designou como drástica e unilateral.

A Polónia diz estar pronta para iniciar negociações com a Ucrânia para resolver a questão dos grãos.

O governo húngaro espera mudanças nas regulamentações europeias, incluindo rever a eliminação das tarifas de importação sobre produtos ucranianos.

Para resolver esta questão, os ministérios da Agricultura da Roménia e da Ucrânia estão a criar uma task force.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Agricultores na Geórgia enfrentam dificuldades para escoar produção

Polónia é "terreno fértil" para empresas ucranianas mas cria receios aos polacos

Putin fez visita surpresa a tropas russas que combatem na Ucrânia