EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Protestos contra a reforma das pensões acompanham Macron na França rural

Presidente francês, Emmanuel Macron, confrontado por eleitores
Presidente francês, Emmanuel Macron, confrontado por eleitores Direitos de autor AP / Ludovic Marin
Direitos de autor AP / Ludovic Marin
De  Luis GuitaEuronews com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Emmanuel Macron inicia digressão pela França rural mas não deixa de ouvir protestos contra a reforma das pensões que aumentou a idade de reforma de 62 para 64 anos.

PUBLICIDADE

No meio das críticas à sua controversa reforma das pensões, o Presidente francês, Emmanuel Macron, iniciou uma digressão pela França rural na esperança de acalmar as tensões e avançar com a agenda.

Macron diz que não são os protestos que o vão paralisar mas, no contacto com a população, as vaias, o bater de panelas e a revolta estão sempre presentes.

"Não são as panelas que vão permitir à França avançar", disse Emmanuel Macron quando questionado sobre os protestos à sua reforma.

"A raiva é evidente, eu não esperava outra coisa, mas não me impedirá de continuar a deslocar-me pelo país, porque temos de continuar a agir e avançar," adiantou o Presidente francês.

Com algum receio de ficar demasiado preso dentro do palácio presidencial. Macron tem sido encorajado pelos aliados a sair e encontrar-se com os eleitores.

De recordar que, após três meses de protestos e revolta, o governo aprovou, na sexta-feira passada, a lei que aumenta a idade da reforma de 62 para 64 anos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Epsiódios de violência mancham protestos em França

Zelensky em Paris: será que Macron vai anunciar o envio de instrutores franceses para a Ucrânia?

Macron desloca-se à Nova Caledónia para tentar pôr termo à violência no arquipélago