Governo italiano vai decretar estado de calamidade para a região de Emília-Romanha

Algumas cidades e vilas ficaram completamente isoladas
Algumas cidades e vilas ficaram completamente isoladas Direitos de autor Luca Bruno/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A região do norte de Itália está a ser fortemente afetada por inundações, que já mataram pelo menos treze pessoas.

PUBLICIDADE

O Governo italiano vai declarar o estado de calamidade para a região de Emília-Romanha, no Conselho de Ministros da próxima terça-feira. Pelo menos treze pessoas morreram nas inundações que afetaram fortemente a região norte de Itália. Há algumas pessoas ainda desaparecidas.

Milhares de pessoas tiveram de se retiradas das suas casas. Segundo o jornal La Stampa havia 10 mil deslocados. Quatro mil pessoas ficaram mesmo sem casa, segundo a agência italiana ANSA.

Em apenas 36 horas choveu tanto como em seis meses, deixando algumas cidades e vilas do norte de Itália completamente isoladas e sem eletricidade ou rede móvel.

Segundo os media italianos, esta quinta-feira havia dezenas de milhares de pessoas sem eletricidade.

O presidente da região de Emília-Romanha estima que os prejuízos atinjam "milhares de milhões de euros".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Cheias em Itália afundam setor agrícola

Meloni visita região mais afetada pelas inundações

Morreu o estilista Roberto Cavalli aos 83 anos