Ativistas ensombram assembleia-geral da Total Energies

Ativistas denunciaram atividades da empresa
Ativistas denunciaram atividades da empresa Direitos de autor Thibault Camus/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Polícia reprimiu manifestantes em Paris durante protesto contra petrolífera

PUBLICIDADE

Criminosos e assassinos. Foi com estas acusações que vários manifestantes receberam os acionistas da petrolífera Total Energies em dia de assembleia-geral anual em Paris.

Centenas de ativistas climáticos tentaram impedir a realização do evento. Alguns acionistas criticaram os métodos, mas partilharam a visão global.

Os ativistas dizem que os projetos da TotalEnergies ameaçam ecossistemas em diferentes países.

Enquanto o planeta está a morrer, lembram, o gigante francês anuncia lucros recorde.

As redes sociais encheram-se de imagens da polícia a reprimir os ativistas e a deixar o caminho livre para os accionistas passarem.

Imagens cada vez mais comuns neste encontro anual da TotalEnergies.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Agricultores franceses mantêm protestos apesar de novas medidas do governo

Praias de desembarque do Dia D podem ser consideradas Património Mundial da UNESCO

Macron anuncia apoio de três mil milhões de euros à Ucrânia durante visita de Zelenskyy a Paris