Incidente com um navio chinês e um americano no Estreito de Taiwan

O encontro dos navios chinês e norte-americano o Estreito de Taiwan
O encontro dos navios chinês e norte-americano o Estreito de Taiwan Direitos de autor Mass Communication Specialist 1st Class Andre T. Richard/U.S. Navy
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Incidente com dois aviões na semana passada e com dois navios este fim de semana. Washington e Pequim testam-se em exercícios arriscados e perigosos

PUBLICIDADE

Escalada preocupante da tensão entre os Estados Unidos e a China. Washington e Pequim acusam-se mutuamente por incidente, este fim de semana,  no Estreito de Taiwan.

Um navio chinês aproximou-se perigosamente de um contratorpedeiro americano nas águas do Estreito de Taiwan. Washington qualificou a operação de "insegura", enquanto a China considera que "os Estados Unidos estão a pedir problemas", nas palavras do porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Wenbin.

Os Estados Unidos e o Canadá, que estavam a realizar exercícios conjuntos na zona, afirmam que se encontravam em águas internacionais quando ocorreu o incidente, no sábado; enquanto Pequim afirma que se encontravam nas suas águas territoriais.

O Ministério da Defesa dos Estados Unidos denunciou as ações "cada vez mais arriscadas" dos militares chineses na Ásia, enquanto Pequim acusa Washington de interferir nos países da região.

O incidente segue-se ao da semana passada que envolveu dois aviões militares, um chinês e um americano, sobre o Mar do Sul da China.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

John Kerry pede à China medidas adicionais na luta pelo clima

Sismo em Taiwan deixa rasto de destruição

Sete mortos e mais de 700 feridos no sismo mais forte dos últimos 25 anos em Taiwan