EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Contraofensiva da Ucrânia está em curso, diz o Instituto para o Estudo da Guerra

Ucrânia lança-se na reconquista do território
Ucrânia lança-se na reconquista do território Direitos de autor LIBKOS/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor LIBKOS/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Instituto para o Estudo da Guerra tem acompanhado de perto as movimentações no teatro de guerra e conclui que a reconquista já começou

PUBLICIDADE

"A contraofensiva ucraniana começou", anunciou o Instituto para o Estudo da Guerra, uma das organizações internacionais a acompanhar de perto as movimentações no terreno da invasão russa da Ucrânia.

"A atividade por toda a Ucrânia é consistente com uma variedade de indicadores de que as operações da contraofensiva ucraniana estão em curso pelo teatro de guerra", adiantou o grupo de estudo esta tarde.

As Forças ucranianas têm dito sempre que não fariam nenhum anúncio do início da reconquista e o IEG considera que não será uma grande operação, mas um conjunto de pequenas iniciativas em numerosas localizações, de envergadura e intensidade diversas ao longo de várias semanas.

O início da contraofensiva poderá ser mais difícil e lento. À medida que as forças ucranianas forem conseguindo penetrar nas defesas dos invasores, alguns desaires e muitas baixas poderão acontecer na reconquista, prevê o grupo de estudo.

O Instituto adianta que as forças ucranianas terão conduzido ataques terrestres no oeste do Oblast de Zaporizhia e na área a sul/sudoeste de Orikhiv, nos dias 7 e 8 de Junho. 

Os militares de Kiev anunciaram, na quarta-feira, que as tropas ucranianas avançaram entre 200 metros e 1 quilómetro em sectores não especificados da zona de Bakhmut.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Situação muito dinâmica" na contraofensiva ucraniana

Artilharia russa bombardeia Kherson e provoca várias vítimas mortais