El Niño com intensidade "pelo menos moderada" até ao final do ano

O El Niño origina-se no Oceano Pacífico tropical
O El Niño origina-se no Oceano Pacífico tropical Direitos de autor Marco Ugarte/Copyright 2018 The AP. All rights reserved.
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O fenómeno climático El Niño, geralmente associado ao aumento das temperaturas a nível mundial, continuará ao longo do ano com uma intensidade “pelo menos moderada”, indicou esta terça-feira a Organização Meteorológica Mundial.

PUBLICIDADE

O El Niño vai continuar até ao fim do ano com uma intensidade que se espera seja “pelo menos moderada". A Organização Meteorológica Mundial (OMM), declarou oficialmente a presença do fenómeno climático que se origina no Oceano Pacífico tropical e tem impacto em grande parte do planeta.

“O impacto do evento El Niño provavelmente aumentará a temperatura global porque o El Niño aumentará o aquecimento antropogénico e provavelmente aumentará a temperatura global”, afirmou Wilfran Moufouma-Okia, chefe da divisão regional de serviços de previsão da OMM. 

Segundo a Organização Meteorológica Mundial, a probabilidade de que o fenómeno continue durante o segundo semestre deste ano é de 90%.

O El Niño pode causar secas severas numas regiões e é também geralmente associado ao aumento da precipitação noutras áreas do planeta.

O efeito do El Niño nas temperaturas globais manifesta-se geralmente um ano após o seu desenvolvimento, pelo que provavelmente será mais forte em 2024.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Milhares de casas inundadas no Cazaquistão

Rússia e Cazaquistão vivem "piores cheias em décadas"

Centenas de russos protestam contra “inércia” das autoridades após inundações