EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Ataque na Cisjordânia provoca três feridos

Forças de segurança israelitas inspeccionam local de um ataque perto do colonato judeu de Tekoa, na Cisjordânia, no domingo, 16 de julho de 2023.
Forças de segurança israelitas inspeccionam local de um ataque perto do colonato judeu de Tekoa, na Cisjordânia, no domingo, 16 de julho de 2023. Direitos de autor Ohad Zwigenberg/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Ohad Zwigenberg/Copyright 2023 The AP. All rights reserved.
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um palestiniano abriu fogo contra um carro este domingo, ferindo três israelitas, incluindo duas crianças.

PUBLICIDADE

Um palestiniano abriu fogo contra um carro na Cisjordânia ocupada este domingo, ferindo três israelitas, incluindo duas crianças. O homem conseguiu fugir. Os serviços emergência de Israel confirmaram um dos feridos, um homem de 35 anos, está em estado grave mas estável. As duas meninas, de 9 e 14 anos, tiveram ferimentos ligeiros.

Este é o último incidente de um ciclo incessante de violência na região que tem desencadeado os confrontos mais intensos entre israelitas e palestinianos na Cisjordânia em quase duas décadas.

Desde o início deste ano, mais 120 palestinianos foram mortos no território.

Recorde-se que no final do mês de junho, o Governo israelita liderado pelo primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, constituído por partidos religiosos ultranacionalistas e ultraortodoxos, aprovou planos para a construção de milhares de novas casas em colonatos israelitas ilegais na Cisjordânia ocupada.

Mais de 5 mil unidades estão em várias fases de planeamento mas não é claro quando se iniciará a construção.

A comunidade internacional, juntamente com os palestinianos, considera a construção de colonatos como ilegal e um obstáculo à paz.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Exército israelita anuncia retirada das tropas de Jenin, na Cisjordânia

Vingança israelita provoca um morto e 12 feridos na Cisjordânia

Escalada da vioência na Cisjordânia: terrenos agrícolas incendiados