EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Rublo atinge nível mais baixo desde março de 2022

Rublo em queda
Rublo em queda Direitos de autor Alexander Zemlianichenko/AP
Direitos de autor Alexander Zemlianichenko/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Banco Central Russo marca reunião extraordinária

PUBLICIDADE

O rublo caiu para o nível mais baixo dos últimos 16 meses. Apesar das medidas introduzidas pelo Banco Central da Rússia para tentar conter a desvalorização, esta segunda-feira, a moeda ultrapassou a barreira dos 100 rublos por dólar na Bolsa de Moscovo. A população prepara-se para a subida dos preços. 

"Os preços vão subir, o que significa que o nível de vida vai baixar. Já baixou e vai baixar ainda mais. Há cada vez mais pessoas pobres, isso é certo", diz Vladimir Bessosedniy, um professor reformado.

Para Alexandra Prokopenko, antiga funcionária do Banco Central russo, "O fator fundamental é a mudança estrutural na economia russa. A procura é agora impulsionada por expansões estatais de um complexo industrial militar mais vasto, não só as empresas que trabalham na guerra, mas também uma grande parte do setor civil".

O Banco Central Russo marcou uma reunião de emergência para esta terça feira. Entretanto, o conselheiro económico de Vladimir Putin já declarou que o Banco tem "todas as ferramentas necessárias" para estabilizar a situação. Maxim Oreshkin espera uma normalização em breve.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Putin ameaça a Alemanha: Rússia pode fornecer armas para atingir alvos ocidentais

Putin substitui Shoigu porque quer Ministério da Defesa "aberto à inovação"

Putin substitui ministro da Defesa. Shoigu será secretário no Conselho de Segurança da Rússia