EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

EUA: líder dos Proud Boys condenado a 17 anos de prisão

Biggs foi acusado, entre outras coisas, de conspiração.
Biggs foi acusado, entre outras coisas, de conspiração. Direitos de autor JOHN RUDOFF / AFP
Direitos de autor JOHN RUDOFF / AFP
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Joe Biggs liderou a organização que marchou rumo ao Capitólio dos EUA.

PUBLICIDADE

Joe Biggs, antigo dirigente do grupo de extrema-direita Proud Boys, foi condenado a 17 anos de cadeia.

Um juiz federal norte-americano considerou-o culpado de crimes de conspiração e insurreição contra os Estados Unidos.

Biggs liderou a organização que marchou rumo ao Capitólio dos EUA a 6 de janeiro de 2021. Disse saber que errou nesse dia e que deveria ser punido.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Robert de Niro chama "palhaço" a Donald Trump à porta do tribunal

Biden apela à libertação de jornalistas no jantar dos correspondentes de imprensa

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"