EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Regresso às aulas sob o signo da guerra

Crianças na cerimónia de reabertura da escola em São Petersburgo
Crianças na cerimónia de reabertura da escola em São Petersburgo Direitos de autor Dmitri Lovetsky/AP
Direitos de autor Dmitri Lovetsky/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na Rússia e nas regiões ocupadas da Ucrânia, os alunos estudam por manuais que enaltecem o regime de Vladimir Putin.

PUBLICIDADE

Na Rússia e nas regiões da Ucrânia ocupadas pela Rússia, como em Mariupol, os alunos regressam às aulas com novos manuais escolares, embebidos de uma narrativa que glorifica o governo de Vladimir Putin.

Nesses manuais de história, enaltece-se o patriotismo russo, demoniza-se o Ocidente e dão-se justificações para a guerra que a Rússia iniciou em fevereiro do ano passado. Putin esteve numa sala de aulas na cidade de Solnechnogorsk e disse aos alunos: "Entendo por que ganhámos a Grande Guerra Patriótica (nome que os russos dão à Segunda Guerra Mundial): é que ninguém pode derrotar um povo com esta atitude. Fomos invencíveis e continuamos a sê-lo".

Ninguém pode derrotar um povo com esta atitude. Fomos invencíveis e continuamos a sê-lo
Vladimir Putin
Presidente da Rússia

Na Ucrânia, mais do que estudada na escola, a guerra é vivida. Este é o segundo regresso às aulas desde a invasão russa. O início do ano letivo acontece sob o signo da guerra, com as tropas russas a ocupar uma parte do sul e do leste do país e isso está bem presente na mente dos alunos, seja nas crianças de Kiev, seja nos cadetes do colégio militar de Lviv, muitos deles órfãos de guerra.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Putin substitui Shoigu porque quer Ministério da Defesa "aberto à inovação"

Putin substitui ministro da Defesa. Shoigu será secretário no Conselho de Segurança da Rússia

Putin reconduz Mishustin no cargo de primeiro-ministro da Rússia