EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Violência e vandalismo contra imigrantes no Chipre

A montra de uma loja vandalizada no Chipre
A montra de uma loja vandalizada no Chipre Direitos de autor CYCBC
Direitos de autor CYCBC
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na sexta-feira, decorreu uma marcha anti-imigração e houve ataques a estrangeiros. No sábado, houve outra antifascista e mais detenções

PUBLICIDADE

Sobe de tom o atrito entre grupos nacionalistas e imigrantes no Chipre.

Este fim de semana, ficou marcado por marchas anti e pró imigração, mas sobretudo pelos novos ataques contra estrangeiros e a lojas geridas por imigrantes, nomeadamente em Limassol.

No sábado, decorreu uma marcha antifascista e pelo menos seis pessoas relacionadas com os grupos anti-imigrantes foram detidas quando se preparavam para tentar perturbar a marcha.

Devido aos incidentes de sexta-feira, após a marcha anti-imigração, em que os manifestantes atacaram várias pessoas e vandalizaram lojas, pelo menos 13 pessoas tinham já sido detidas.

Há relatos, não confirmados, de que pelo menos cinco imigrantes ficaram feridos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Requerentes de asilo: a República de Chipre numa encruzilhada

Cipriotas deram as mãos e asseguraram novo título do Guinness

Presidente do Chipre quer que corredor naval humanitário de Gaza "seja um modelo"