EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Dar um concerto num antigo depósito de ogivas nucleares

O Museu do Átomo na Chéquia
O Museu do Átomo na Chéquia Direitos de autor Martin Hruby/Martin Hruby
Direitos de autor Martin Hruby/Martin Hruby
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um bunker, nas profundezas de uma floresta da Chéquia, convertido em museu é agora palco de concertos.

PUBLICIDADE

Provavelmente a banda de Jan Smigmator nunca pensou que iria atuar num local como este: um bunker nas profundezas de uma floresta da República Checa, um antigo depósito de ogivas nucleares soviético chamado Javor 51, agora convertido em museu.

"A acústica aqui no Museu do Átomo é absolutamente soberba. Nós divertimo-nos muito a tocar aqui e gosto muito da ideia de transformar depósitos de munições atómicas em todo o mundo em clubes de jazz", diz Jan Smigmator.

Este é o único depósito de ogivas nucleares acessível ao público no mundo. No passado foi um local secreto e vigiado numa floresta densa onde, entre 1968 e 1990, nenhum cidadão foi autorizado a entrar.

"Este museu foi criado para alertar as gerações futuras sobre o que nossos pais e avós passaram e para garantir que isso não acontece novamente", sublinha Vaclav Vitovec, diretor do Museu do Átomo.

Os concertos que o museu está a organizar pretendem contribuir para uma maior consciencialização do público sobre o perigo do nuclear.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Arménios pedem renúncia de Pashinian por causa do “conflito entre povos fronteiriços”

6 Meses de conflito. Nova ronda de negociações para um cessar-fogo esperada no Cairo

Países preparam-se para a guerra? Noruega vai investir mais 52 mil milhões na Defesa até 2036