EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Robert Fico junta esquerda e extrema-direita no governo eslovaco

Coligação potencialmente explosiva no governo eslovaco
Coligação potencialmente explosiva no governo eslovaco Direitos de autor Petr David Josek/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Petr David Josek/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Coligação governamental inclui um partido pró-russo e promete criar dores de cabeça em Bruxelas

PUBLICIDADE

Robert Fico será o próximo primeiro-ministro da Eslováquia, depois de alcançar um acordo com dois partidos para formar governo.

A coligação, potencialmente explosiva, junta ao partido mais votado a esquerda do antigo primeiro-ministro, Peter Pellegrini, que abandonou o partido de Fico em 2020 em protesto contra um escândalo de corrupção, e a extrema-direita, ultranacionalista e pró-russa, do Partido Nacional da Eslováquia.

Apesar de assegurar que pretende continuar na União Europeia e na NATO, o novo primeiro-ministro eslovaco promete ser uma dor de cabeça em Bruxelas e já fez saber que irá retirar o apoio militar à Ucrânia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Inverno de descontentamento na Eslováquia: Porque está o novo governo já sob escrutínio?

"Eu perdoo-o": Robert Fico diz que não sente "nenhum ódio" pelo seu agressor

A proliferação de notícias falsas na Eslováquia serve de aviso à UE