EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Familiares de alemães raptados pelo Hamas pressionam Scholz para garantir libertação dos reféns

Familiares de alemães reféns do Hamas reunidos em frente da embaixada alemã em Tel Aviv, Israel
Familiares de alemães reféns do Hamas reunidos em frente da embaixada alemã em Tel Aviv, Israel Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Luis GuitaEuronews com AFP, AP
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Famillares aumentam pressão sobre Olaf Scholz para trazer os reféns para casa. Reuniram-se em frente da embaixada alemã em Tel Aviv quando o chanceler alemão chegou a Israel.

PUBLICIDADE

Cerca de vinte familiares de alemães mantidos como reféns em Gaza reuniram-se em frente à embaixada alemã em Tel Aviv quando o chanceler Olaf Scholz chegou a Israel.

Juntamente com vários outros líderes, Scholz está a ser instado a colocar toda a energia para garantir a libertação dos reféns.

A alemã Ricarda Louk, mãe da refém Shani Louk, reconheceu a filha num vídeo que circulou online. Diz que a última informação que teve foi que a filha tinha um ferimento na cabeça e estava num hospital em Gaza.

"(Espero) que minha filha seja forte, que ela persevere e esperamos que ela seja boa e que possamos libertá-la," afirmou Ricarda Louk.

Karen Schem, mãe da refém Maya Schem, reagiu ao vídeo da filha divulgado pelo Hamas.

"Eu não sabia (se) ela estava viva ou morta até ontem. Tudo que eu sabia é que ela poderia ter sido sequestrada. Estou implorando ao mundo para trazer o meu bebé de volta para casa. Ela só foi a uma festa, a um festival para se divertir. Agora está em Gaza," disse Keren Schem.

O vídeo é o primeiro divulgado pelo grupo militante sobre as pessoas que mantém detidas.

No início da semana, Israel disse que pelo menos 199 reféns foram levados para Gaza, mais do que o estimado anteriormente.

O Hamas diz que tem entre 200 e 250 reféns.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Manifestação: Familiares de reféns israelitas pedem apoio da UE

EUA entregam munições a Israel e tentam a libertação imediata dos reféns do Hamas

Primeiro-ministro israelita dissolve gabinete de guerra