EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Morreu o homem que fez chorar Eusébio: Bobby Charlton tinha 86 anos (1937-2023)

Bobby Charlton com Eusébio à porta de Old Trafford com a Taça dos Campeões Europeus
Bobby Charlton com Eusébio à porta de Old Trafford com a Taça dos Campeões Europeus Direitos de autor AP Photo/Luca Bruno
Direitos de autor AP Photo/Luca Bruno
De  Francisco Marques
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Bobby Charlton sofria de demência há pelo menos dois anos. Foi "cavaleiro" de Isabel II, lenda do Manchester United e campeão do mundo em 1966

PUBLICIDADE

Morreu uma das maiores lendas do Manchester United e da seleção inglesa. Bobby Charlton sofria de demencia pelo menos há dois anos, altura em que a família divulgou a batalha mental que o antigo futebolista travava.

Foi também a família que agora anunciou a morte de Bobby Charlton. O antigo camisola "9" dos "red devils" e dos "três leões", elevado a "cavaleiro de Sua Majestade" ("Sir") em 1994, tinha celebrado 86 anos no passado dia 11 de outubro.

Campeão do mundo em 1966, no mítico Mundial em que Portugal ficou em terceiro lugar, Charlton esteve ainda envolvido no acidente aéreo sofrido pela equipa do Manchester United, a mítica "Busby Babes", a 6 de fevereiro de 1958, em Munique, na Alemanha.

O avião, que ali tinha feito escala oriundo de Belgrado após a qualificação da equipa para as meias-finais da Taça dos Campeões, despenhou-se após tentar pela terceira vez a descolagem e 23 pessoas morreram, três já no hospital, e entre eles sete futebolistas.

Charlton foi um dos 19 feridos, escapando apenas com alguns cortes e o choque em que ficou. Passou uma semana no hospital, mas voltaria à glória nos relvados.

Agora, o Manchester United está de luto e nas várias "janelas" que tem abertas na Internet manifestou o apreço pelo avançado que jogou mais de 600 jogos pelo clube, ficando a um remate certeiro dos 200 golos pelo clube do norte de Inglaterra.

"O 'sir' Bobby era um herói tanto para jovens como para velhos e a notícia da sua morte vai ser lamentada para além das fronteiras da Grande Manchester, por todo o Reino Unido e em qualquer sítio do mundo onde se jogue futebol", escreveu o Manchester United.

Nas contas do clube, somando todos os escalões ao longo de 17 anos, "Sir" Bobby Charlton fez 758 jogos, marcou 249 golos, venceu a Taça dos Campeões Europeus, três campeonatos de Inglaterra e a Taça inglesa.

Tendo sobrevivido ao desastre aéreo de Munique com apenas 20 anos, ele recuperou dos ferimentos e atingiu o auge tanto pelo clube como pela seleção.
Manchester United
Comunicado sobre a morte de Bobby Charlton

Pela seleção inglesa, fez 106 jogos e marcou 49 golos, dois deles contra Portugal, nas meias-finais do Mundial de 66, num jogo em que Eusébio também marcou um, de penálti, e saiu a chorar do relvado, numa fotografia que correu mundo e ainda hoje é famosa.

Eusébio da Silva Ferreira morreu a 5 de janeiro de 2014, com 71 anos.

As lágrimas de Eusébio após a derrota (1-2) com a Inglaterra, no Mundial de 66
As lágrimas de Eusébio após a derrota (1-2) com a Inglaterra, no Mundial de 66AP Photo

Bobby Charlton conheceu Norma Ball em 1959 e os dois casaram-se em 1961. Tiveram duas filhas e eram avôs. O Manchester United apresentou as condolências à viúva e avó, Lady Norma, às filhas e aos netos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Morreu Sinéad O'Connor (1966-2023, 56 anos)

Morreu Tony Bennett, o ícone da música norte-americana tinha 96 anos

Morreu a cantora e atriz Jane Birkin