EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Morreu a cantora e atriz Jane Birkin

Arquivo: Jane Birkin no Festival de Cannes, em 2021
Arquivo: Jane Birkin no Festival de Cannes, em 2021 Direitos de autor Brynn Anderson/Copyright 2021 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Brynn Anderson/Copyright 2021 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Birkin, cantora e atriz, tinha 76 anos, foi encontrada sem vida este na sua casa em Paris, este domingo.

PUBLICIDADE

A cantora e atriz anglo-francesa Jane Birkin morreu este domingo, aos 76 anos. De acordo com o jornal "Le Parisien", foi encontrada sem vida na sua casa em Paris. Ainda não são conhecidas as causas da morte.  Recentemente, tinha cancelado concertos por motivos de saúde.

Jane Birkin nasceu em Inglaterra, a 14 de dezembro de 1946. Aos 17 anos, Jane seguiu os passos da mãe (Judy Campbell, uma conhecida atriz inglesa) e estreou-se no mundo da ficção, onde conheceu o seu primeiro marido, o compositor John Barry.

Após o divórcio, Jane partiu para Paris onde se apaixonou pelo ator e cantor, Serge Gainsbourg, durante as gravações do filme ‘Slogan’ em 1969. A anglo-francesa esteve casada entre 1968 e 1980 com Gainsbourg e desta relação nasceu a também atriz e cantora Charlotte Gainsbourg. E foi com Serge que gravou o mais conhecido tema do casal:  "Je t'aime... moi non plus" foi um sucesso internacional. 

Ao longo da sua carreira, Jane participou em diversos filmes, foi capa das revistas de moda mais conhecidas, gravou vários álbuns e ainda contribui para o mundo da moda com o lançamento de tendências intemporais.

Em 2021, a cantora e atriz anglo-francesa Jane Birkin já tinha sofrido um acidente vascular cerebral ligeiro.

O Presidente francês, Emmanuel Macron, já reagiu à morte de Birkin. Macron lembra a britânica como "um icone francês" e uma artista completa.

Também a ministra francesa da Cultura, Roselyne Bachelot, declarou: "Esta partida é muito triste. Era uma bela pessoa".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Morreu o homem que fez chorar Eusébio: Bobby Charlton tinha 86 anos (1937-2023)

Morreu Sinéad O'Connor (1966-2023, 56 anos)

A Suíça pode ter vencido a Eurovisão, mas será que os números do streaming revelam uma outra versão?