UE quadruplica orçamento para formar soldados ucranianos

UE reforça apoio militar à Ucrânia
UE reforça apoio militar à Ucrânia Direitos de autor JOHN THYS/AFP or licensors
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Apoio militar da União Europeia à Ucrânia ultrapassa os 25 mil milhões de euros desde o início da guerra

PUBLICIDADE

A União Europeia quadruplicou o orçamento para a formação de soldados ucranianos, aumentando para 255 milhões de euros o investimento no reforço dos quadros das Forças Armadas da Ucrânia.

Desde o início da guerra que a União Europeia se tem destacado na formação de militares e já preparou 34 mil soldados ucranianos para combater contra a Rússia na linha da frente.

O total investido por Bruxelas em apoio militar a Kiev já ultrapassa os 25 mil milhões de euros, que para a diplomacia europeia não são suficientes.

Após receber o ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, Josep Borrell disse que era preciso "fazer mais e mais depressa porque Putin vai seguramente aproveitar o inverno para continuar a lançar o terror sobre os civis na Ucrânia e a atacar as suas infraestruturas energéticas".

A guerra trava-se em várias frentes, e Kiev anunciou que a esposa de Kyrylo Budanov, o líder do Serviço de Informações das Forças Armadas, tinha sido envenenada e estava a receber tratamento hospitalar por contaminação com metais pesados.

O general tem desempenhado um papel chave nas operações militares contra a Rússia mas não existe nenhuma indicação de que tenha sido ele o alvo do envenenamento.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Revolução "Euromaidan" rebentou na Ucrânia há dez anos: Relatos na primeira pessoa

ISW: Ucrânia conseguiu reduzir significativamente as atividades da Rússia no Mar Negro

Ataques russos com drones e mísseis matam cinco civis na Ucrânia