Lançamento da Soyuz abortado a segundos da descolagem

Tracy Dyson, Oleg Novitskiy e a Marina Vasilevskaya antes do lançamento abortado
Tracy Dyson, Oleg Novitskiy e a Marina Vasilevskaya antes do lançamento abortado Direitos de autor AP/Roscosmos space corporation
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O lançamento foi abortado por um sistema automático de segurança, mas a causa exata não foi indicada.

PUBLICIDADE

O lançamento de uma nave espacial Soyuz foi abortado quando faltavam apenas 20 segundos para a descolagem no cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão. O foguetão transportava uma astronauta norte-americana da NasaTracy Dyson,e dois cosmonautas da agência russa Roscosmos: o russo Oleg Novitskiy e a bielorrussa Marina Vasilevskaya.

O lançamento foi abortado por um sistema automático de segurança, mas a causa exata não foi indicada. O controlo da missão informou que os três astronautas não sofreram ferimentos. Uma nova descolagem foi marcada para sábado. 

A missão espacial é uma das poucas áreas de cooperação entre a Rússia e o Ocidente desde a invasão em larga escala da Ucrânia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Segundo satélite português já foi enviado para o espaço

Astronauta russo passa mais de dois anos no espaço e estabelece novo recorde mundial

UE retoma autonomia no espaço em 2024 com foguetões Ariane