Astronauta russo passa mais de dois anos no espaço e estabelece novo recorde mundial

Cosmonauta russo passa mais de dois anos no espaço e estabelece novo recorde mundial
Cosmonauta russo passa mais de dois anos no espaço e estabelece novo recorde mundial Direitos de autor Pavel Golovkin/Copyright 2024 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O recorde da duração total da permanência humana no espaço continua a pertencer a um astronauta russo.

PUBLICIDADE

O astronauta russo Oleg Kononenko estabeleceu um novo recorde mundial para o tempo mais longo passado no espaço. Oleg está há 878 dias ou quase dois anos e meio no espaço, segundo a Agência Espacial Russa.

Kononenko, de 59 anos, bateu o recorde ao orbitar a 423 km acima da Terra durante o seu quinto voo espacial. Segundo o astronauta, as videochamadas e as mensagens permitiram-lhe estar em contacto constante com a família, embora admita que os filhos cresceram sem ele.

"Estou orgulhoso do que consegui e das minhas realizações, mas estou ainda mais orgulhoso pelo facto do recorde da duração total da permanência humana no espaço continuar a pertencer a um astronauta russo", disse Kononenko à agência noticiosa russa TASS.

O seu atual voo espacial termina no final de setembro de 2024, altura em que terá registado 1.110 dias no espaço. O recorde anterior pertencia ao astronauta russo Gennady Padalka.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Astronautas da sexta missão da SpaceX da NASA regressaram à Terra

Alimento para uma missão a Marte: empresa finlandesa quer alimentar os astronautas com proteínas de micróbios

China já enviou o primeiro astronauta civil para o espaço