EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Costa de Marselha invadida por pequenos organismos nauseabundos

Marselha
Marselha Direitos de autor Boris Horvat/AP
Direitos de autor Boris Horvat/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Pequenas alforrecas invadiram os areais de Marselha, poluindo a costa procurada por turistas de todo o mundo. Os pequenos organismos, da espécie velella velella, estão a decompôr-se, o que está a provocar não só a poluição das praias, mas também um cheiro nauseabundo.

PUBLICIDADE

A costa de Marselha, em França, foi invadida nos últimos dias por milhares de alforrecas da espécie velella velella

Os pequenos organismos estão agora a decompor-se, criando um cheiro nauseabundo a peixe e lixo, queixam-se os moradores. Apesar de produzirem toxinas paralizantes, são inofensivos para os seres humanos. As velella velella, ou veleiros como são também conhecidas, são originárias dos oceanos tropicais e subtropicais, mas chegaram à costa mediterrânica francesa empurradas pelos ventos do sul. 

Uma bióloga marinha explicou que não há risco para a saúde dos seres humanos, "o problema é que não cheiram bem".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Poluição dos oceanos em debate na Conferência Ministerial da Organização Mundial do Comércio

Norte de Espanha declara emergência por poluição marinha devido a "maré de plástico"

Poluição do ar na UE continua elevada e a causar muitas doenças