EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Ataque terrorista de Moscovo: tribunal rejeita recurso de um dos suspeitos

Alisher Kasimov, um dos suspeitos do ataque à sala de concertos perto de Moscovo.
Alisher Kasimov, um dos suspeitos do ataque à sala de concertos perto de Moscovo. Direitos de autor Captura de vídeo de AP
Direitos de autor Captura de vídeo de AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Alisher Kasimov, cidadão russo nascido no Quirguistão, está acusado de arrendar um apartamento aos quatro homens que perpetraram o ataque na sala de concertos de Moscovo.

PUBLICIDADE

O Tribunal da cidade de Moscovo negou o recurso de Alisher Kasimov contra a sua detenção, por suspeitas de envolvimento no ataque à sala de concertos perto de Moscovo no dia 22 de março

Kasimov, cidadão russo de 32 anos nascido no Quirguistão, foi detido por alegadamente ter arrendado um apartamento aos quatro homens que dispararam indiscriminadamente contra os espetadores presentes na Crocus City Hall. 

Tanto Kasimov como a sua mãe afirmaram desconhecer os motivos dos alegados atiradores, segundo o ciberjornal independente Mediazona. 

Pelo menos 145 pessoas foram mortas e 551 ficaram feridas após o ataque - a pior perda de vidas civis na Rússia desde o cerco à escola de Beslan em 2004.

Um grupo afegão pertencente ao Estado Islâmico reivindicou a autoria do atentado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Moscovo acusa Ucrânia e aliados ocidentais de esquema para financiarem atos terroristas na Rússia

9 detidos no Tajiquistão no âmbito do tiroteio na sala de concertos de Moscovo

Ataque de Moscovo: número de mortos sobe para 139; detidos mais três suspeitos