EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Polícia francesa expulsa cerca de 100 migrantes de acampamento junto à câmara de Paris

Polícia francesa retira migrantes de tendas junto à câmara municipal de Paris
Polícia francesa retira migrantes de tendas junto à câmara municipal de Paris Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Acampamento improvisado tinha cerca de 100 migrantes oriundos da África ocidental. Polícia francesa alega razões de segurança. Grupos de ajuda humanitária insistem que se trata de uma "limpeza social" antes dos Jogos Olímpicos de verão na capital.

PUBLICIDADE

A polícia francesa expulsou esta terça-feira perto de uma centena de migrantes de um acampamento improvisado junto à câmara municipal de Paris.

A operação foi realizada bem cedo pela manhã e visou um grupo de jovens migrantes provenientes da África Ocidental que estavam instalados em tendas. 

A polícia francesa, que tem retirado migrantes de vários locais na zona da capital nos últimos meses, diz que atuou por razões de segurança, argumentando que o acampamento se situava perto de escolas.

As autoridades da região de Paris disseram aos homens - muitos deles menores de idade e em processo de obtenção de documentos de residência - que poderiam ser alojados temporariamente durante três semanas na cidade de Angers (cerca de 290 quilómetros a sudoeste de paris), se assim o desejassem.

Alguns disseram que temiam ser deixados isolados e abandonados longe da capital assim que o alojamento temporário terminasse. A maior parte dos imigrantes não aceitou a proposta de realojamento e foi embora com os respetivos pertences.

"Limpeza social"

Vários grupos de ajuda humanitária rejeitam as explicações das autoridades e acusam a polícia francesa de estar a fazer o que consideram ser uma "limpeza social" na antecâmara dos Jogos Olímpicos de verão na capital.

A maior parte deles, provavelmente, recusa-se a ir para outra cidade porque, se forem, perderão o seu recurso em tribunal. Por isso, o que fazem é pegar nas suas coisas e mudarem-se para outro local.", explica Antoine de Clerck, coordenador da organização não-governamental Le Revers de la Medaille.

"Esse é um problema que temos visto em Paris quando os Jogos Olímpicos estão a chegar, e eles não têm para onde ir”., alerta.

Em França, vários campos de migrantes são desmantelados todas as primaveras, quando termina a “trégua” anual de inverno que limita os despejos devido ao frio.

Mas os grupos de ajuda que trabalham com migrantes e outras pessoas vulneráveis na região de Paris afirmam que as saídas estão a intensificar-se antes dos Jogos Olímpicos.

As organizações referem que as pessoas estão a ser enviadas para longe da capital, em vez de lhes ser oferecido abrigo na região parisiense, onde muitos requerentes de asilo têm datas marcadas para comparecer em tribunal.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia francesa expulsa cerca de 30 migrantes de acampamento de Paris

Polícia francesa expulsa dezenas de migrantes de Paris a quase 100 dias dos Jogos Olímpicos

Migrantes deslocados de Paris: ONG denunciam "limpeza" antes dos Jogos Olímpicos