EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Gregos têm mais perguntas do que respostas

Gregos têm mais perguntas do que respostas
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O dinheiro disponível nalgumas caixas automáticas gregas está acabar, mas nalguns bancos ainda existem filas. Horas depois do parlamento grego ter

PUBLICIDADE

O dinheiro disponível nalgumas caixas automáticas gregas está acabar, mas nalguns bancos ainda existem filas.

Horas depois do parlamento grego ter aprovado a realização do referendo sobre as propostas dos credores, o sentimento entre os habitantes de Atenas era diverso. Mas no fim de contas parece haver mais perguntas do que respostas.

“Eles chutam a bola para nós. o que devo votar? O «sim» significa medidas muito duras que nos vão levar à pobreza e à miséria. O «não» é a incerteza. Ninguém sabe o que vai acontecer. Vamos regressar ao Dracma? Vamos entrar na bancarrota? O que acontece a seguir?”, questiona um homem.

“Agora estamos à beira do desastre. Eu apoio a opção de regressarmos ao Dracma, mas não sei quais vão ser as consequências e durante quanto tempo vão durar”, refere outro.

“O referendo será a coisa certa a fazer se o primeiro-ministro tiver um plano B, se deixar a Eurozona. Caso contrário, não interessa quer se vote sim ou não.

Ansiedade, dilemas e questões parecem reinar no espírito dos gregos.

O nosso correspondente em Atenas, Kostas Tsellos afirma que “em condições económicas difíceis, os gregos estão subitamente a ser questionados sobre o futuro. Mesmo os que têm sangue frio sabem que os dias seguintes serão históricos”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

BCE mantém ajuda de emergência à banca grega, para já

Grécia: Parlamento confirma referendo a 5 de julho

Grécia: "Eles estão a jogar póquer político"