EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Exposição da Cimeira Humanitária apresentou projetos para ajudar refugiados

Exposição da Cimeira Humanitária apresentou projetos para ajudar refugiados
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Cimeira Humanitária Mundial, realizada em Istambul, não foi apenas uma reunião de chefes de Estado e de Governo.

PUBLICIDADE

A Cimeira Humanitária Mundial, realizada em Istambul, não foi apenas uma reunião de chefes de Estado e de Governo. Uma exposição mostrou também o trabalho que está a ser desenvolvido para apoiar a ajuda humanitária. “A maior crise humanitária desde a II Guerra Mundial tem também uma dimensão económica. Por esta razão, a cimeira teve como evento paralelo uma exposição com as empresas que produzem bens para os refugiados e ONGs”, vincou Bora Bayraktar, correspondente da Euronews na Turquia.

Na exposição foram apresentadas ideias inovadoras, como a de dar aos refugiados sementes para que possam cultivar alimentos junto às tendas. “Eu acho que é importante irmos além da distribuição de alimentos aos refugiados. É preciso capacitá-los para que produzam os seus próprios alimentos”, explicou Mikey Tomkins do Lemon Tree Trust.

https://twitter.com/edibleurban

Outro projeto proporciona a mulheres refugiadas uma estrutura institucional que lhes pemite produzir peças de artesanato e vendê-las, para terem alguma fonte de rendimentos. “Nós organizamos esta exposição coletiva. Elas podem produzir, no nosso centro comunitário, este leque de produtos: carteiras, bijuteria e outros acessórios. Nós vendemo-los e depois damos-lhes o dinheiro”, apresentou Anna Tuson da Small Projects Istanbul.

https://twitter.com/SPI_org

Segundo as Nações Unidas, com as crises na Síria, Líbia, Sudão do Sul e República Centro-Africana são necessários 245 mil milhões de dólares para assuntos humanitários. E em 15 anos esta necessidade deve ser multiplicada por 12.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Alternativa ao lítio: Pode o manganésio substituir as baterias de lítio dos veículos elétricos?

Banco Central Europeu corta taxas de juro em linha com as expetativas do mercado

Riqueza das nações: o fosso cada vez maior entre ricos e pobres na Europa