Maria Sharapova não perde tudo com suspensão

Maria Sharapova não perde tudo com suspensão
De  Patricia Cardoso com REUTERS, AFP, LUSA
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Maria Sharapova guarda alguns dos seus patrocinadores apesar da suspensão de dois anos imposta pela Federação Internacional de Ténis.

PUBLICIDADE

Maria Sharapova guarda alguns dos seus patrocinadores apesar da suspensão de dois anos imposta pela Federação Internacional de Ténis.

Nike, Head e Evian decidiram manter os patrocínios à tenista russa, já que o tribunal concluiu que ela não violou deliberadamente o código antidopagem.

Nike e HEAD apoiam #Sharapova mesmo com a suspensão https://t.co/R5lwRMMi9Bpic.twitter.com/Q5Q9Pt4KPq

— Ténis Portugal (@TenisPortugal) 9 de junho de 2016

A 7 de março, a antiga número 1 mundial e vencedora de cinco torneios do “Grand Slam” revelou um controlo antidopagem positivo ao meldonium, no Open da Austrália. A substância foi integrada na lista de produtos proibidos a 1 de janeiro.

Agora, no Facebook, Sharapova anunciou que não pode aceitar a suspensão e que vai recorrer para o Tribunal Arbitral do Desporto.

O caso custou-lhe os contratos com a Tag Heuer e a Porsche. A Nike também tinha suspendido as relações, mas decidiu retomar o patrocínio, evocando as conclusões judiciais e boa-fé da tenista, que admitiu a sua culpa.

Em 2015, Maria Sharapova foi a desportista mais bem paga do mundo, graças a contratos publicitários e outras atividades. A fortuna está estimada em 200 milhões de dólares pela revista Forbes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Maria Sharapova suspensa por dopagem

Diretora financeira da Huawei detida no Canadá

Guerra aberta entre Bombardier e Boeing