EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Diretora financeira da Huawei detida no Canadá

Diretora financeira da Huawei detida no Canadá
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A chefe de operações financeiras da Huawei foi detida no Canadá e corre o risco de ser extraditada para os Estados Unidos da América, acusada de ter violado sanções comerciais ao Irão.

PUBLICIDADE

A diretora financeira da Huawei foi detida este sábado, em Vancouver, no Canadá. Meng Wanzhou é acusada pelos Estados Unidos da América de violar as sanções comerciais impostas ao Irão e corre o risco de ser extraditada. Uma audiência judicial está marcada para esta sexta-feira.

A responsável pelas operações financeiras da gigante das telecomunicações chinesa pertence ao concelho de administração da empresa e é também filha do fundador.

Em novembro, Donald Trump tinha já pedido a alguns dos aliados com bases militares americanas para deixarem de usar equipamentos da companhia chinesa. Em causa está o receio de espionagem através de redes comerciais de comunicação.

Em comunicado, a Huawei alega que a detenção se baseia em "acusações não específicas".

Para a diplomacia chinesa, que vive dias tensos com o país em guerra comercial com os Estados Unidos, a detenção constitui uma "violação dos direitos humanos". A China já exigiu a libertação de Meng Wanzhou.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

China condena canadiano a pena de morte

China concede mais um empréstimo a Angola

Lucros da Huawei sobem 40% no primeiro semestre