EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Direitos televisivos enriquecem futebol europeu

Direitos televisivos enriquecem futebol europeu
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
PUBLICIDADE

As receitas do futebol europeu registaram um novo recorde de 24,6 mil milhões de euros, na temporada passada, um aumento de 13% relativamente a 2014-1015.

Um estudo da consultora Deloitte revela que a “Premier League” inglesa permanece no topo dos mais ricos, com um resultado de 4,9 mil milhões de euros de receitas, seguido da liga alemã, espanhola, italiana e francesa.

Os chamados “Big Five” amealharam mais de 13 mil milhões de euros no exercício anterior (+12%), segundo a Deloitte, graças aos valores das transmissões televisivas – 49% das receitas – mas também graças a patrocínios e receitas do dia de jogo, em aumento de 10% relativamente à temporada passada. S

e na última década as receitas totais aumentaram para mais do dobro, as despesas estão longe de ter ficado estagnadas, nomeadamente ao nível dos salários, que representaram 8,2 mil milhões de euros no ano passado (+10%).

Longe dos 683 milhões de lucro do campeonato britânico, italianos e espanhóis foram os que mais sofreram perdas, de 39 milhões para a “Série A” e de 98 milhões de euros para a “Ligue 1”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Novo indício de que o BCE poderá vir a reduzir as taxas de juro na reunião de junho

O que está em alta e o que não está para as viagens e o turismo este ano?

Comissário europeu para a Economia sem arrependimentos apesar da reação negativa ao Pacto Ecológico