EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

BCE revê em baixa crescimento da Zona Euro

BCE revê em baixa crescimento da Zona Euro
Direitos de autor 
De  Ricardo Borges de Carvalho com LUSA
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Instituição liderada por Mario Draghi cortou em uma décima a previsão de crescimento que é agora de 2%. Presidente do BCE alerta para o aumento da incerteza devido ao "protecionismo crescente" alimentado desde há meses pelo conflito comercial que opõe os Estados Unidos a vários parceiros comerciais.

PUBLICIDADE

O Banco Central Europeu reviu esta quinta-feira em baixa as previsões de crescimento económico na zona euro.

Para este ano, passou de 2,1% para 2% e para o próximo ano baixou de 1,9% para 1,8%.

Cortes de uma décima, sendo que o BCE prevê que a inflação se mantenha nos 1,7% nos próximos anos.

Mas há ameaças ao crescimento económico que preocupam o Presidente da instituição, Mario Draghi.

"Os riscos ao crescimento económico da zona euro ainda podem ser considerados como globalmente equilibrados. Ao mesmo tempo, os riscos relacionados com o protecionismo, as vulnerabilidades nos mercados emergentes e a volatilidade nos mercados financeiros ganharam maior importância recentemente."

O Banco Central Europeu decidiu também manter as taxas de juro na zona euro inalteradas e confirmou que o programa de compra de ativos vai terminar no fim do ano, desde que a situação económica não piore.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

BCE impõe multa a banco russo

Dombrovskis na Croácia para discutir adesão ao euro

BCE responde à letra a Donald Trump