EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Elon Musk obrigado a deixar presidência do conselho de administração da Tesla

Elon Musk obrigado a deixar presidência do conselho de administração da Tesla
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O lugar será ocupado por uma pessoa independente

PUBLICIDADE

O fundador e líder da Tesla vai deixar de exercer, por um período de três anos, a presidência do conselho de administração da empresa. Elon Musk mantém, no entanto, as funções de presidente executivo (CEO).

Este sábado Musk alcançou um acordo extrajudicial com a Securities Exchange Comission (SEC), a comissão que regula o mercado bolsista norte-americano.

Em causa está um Tweet que data de 7 de agosto. Musk avançava, na altura, a possibilidade de a Tesla sair da bolsa e de pagar 420 dólares por ação. Foi acusado de fraude e de induzir em erro os investidores.

Além do afastamento, Musk terá ainda de pagar uma multa de 17,2 milhões de euros a somar a igual quantia que a Tesla terá de pagar. O dinheiro será distribuído pelos investidores afetados.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tesla anuncia encerramento de concessionários

Eleições Francesas: vitória da esquerda provoca queda do euro

Fabricante de chocolates planeia Nutella vegana