EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

"Coletes amarelos" causam impacto na economia francesa

"Coletes amarelos" causam impacto na economia francesa
Direitos de autor 
De  Bruno Sousa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Bruno Le Maire refere que o movimento gerou quebras superiores a 25% nas receitas

PUBLICIDADE

As três semanas de protesto permitiram aos coletes amarelos vencer a batalha, com o governo de Macron a recuar na subida do imposto sobre o combustível, mas sem conseguir evitar alguns danos colaterais. Além da destruição e da violência nas ruas de Paris, também a economia sofreu com o descontentamento popular.

Os números avançados pelo ministério da economia e finanças não deixam margem para dúvidas e no caso da restauração, a quebra de receitas chega mesmo a atingir os 50%. Após uma reunião com os representantes do setor, Bruno Le Maire admitiu que a situação era preocupante.

Em alguns pontos do país, o bloqueio das petrolíferas provocou ainda a falta de combustível nas estações de serviço. O problema faz-se sentir sobretudo na região da Bretanha.

Os coletes amarelos já anunciaram que irão continuar as ações de protesto por considerarem que o governo francês pode ir mais longe para melhorar o nível de vida da população.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Coletes amarelos" provocam fecho de lojas em Bourg-en-Bresse

Elon Musk obtém apoio dos acionistas para um pacote salarial de 52 mil milhões de euros

China já reagiu a decisão de União Europeia sobre tarifas nos carros elétricos