EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Christine Lagarde: "Brexit sem acordo teria sido um resutado terrível"

Christine Lagarde: "Brexit sem acordo teria sido um resutado terrível"
Direitos de autor REUTERS/Yves Herman
Direitos de autor REUTERS/Yves Herman
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Para a diretora do FMI foi um alívio a extensão do prazo do Brexit até Outubro. Christine Lagarde diz que o "Brexit sem acordo teria sido terrível".

PUBLICIDADE

O pior, para já, foi evitado. É assim que a diretora do Fundo Monetário internacional (FMI) vê a extensão do prazo para o Brexit até 31 de Outubro.

Durante uma conferência em Nova Iorque, Christine Lagarde manifestou sinais de alívio por ter sido descartado o Brexit sem acordo, que aconteceria já esta sexta-feira.

"Isto elimina o risco do Brexit sem acordo em 12 de abril (...). Por outro lado, é óbvio que continua a incerteza e as coisas não se resolvem só por se atrasar aquilo que teria sido um resultado terrível, porque acreditamos que - em termos de consequências económicas - o Brexit sem acordo teria sido um resultado terrível."

O FMI já tinha alertado que uma saída sem acordo causaria um impacto fortemente negativo na economia do Reino Unido, talvez ainda maior do que o cenário difícil previsto quer pelo governo, quer pelo Banco de Inglaterra.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Elon Musk obtém apoio dos acionistas para um pacote salarial de 52 mil milhões de euros

China já reagiu a decisão de União Europeia sobre tarifas nos carros elétricos

Eleições europeias: será que a onda de extrema-direita vai pressionar o sector das energias renováveis?