EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Antigo presidente da Volkswagen enfrenta até 10 anos de prisão

Antigo presidente da Volkswagen enfrenta até 10 anos de prisão
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Quatro outros responsáveis do grupo foram também acusados na Alemanha.

PUBLICIDADE

**As autoridades alemãs vão mesmo avançar contra o antigo homem-forte da Volkswagen. A procuradoria da cidade de Braunschweig acusou formalmente o ex-presidente executivo do grupo de fraude agravada, abuso de confiança e violação das leis contra a concorrência desleal.
**

Segundo os autos deste capítulo do chamado dieselgate, Martin Winterkorn terá aprovado o mecanismo que permitia falsear os resultados dos testes de emissões de poluentes. Estavam em causa 11 milhões de veículos.

REUTERS/Fabian Bimmer/File Photo

Há 4 outros altos responsáveis do grupo também indiciados, mas a sua identidade ainda não foi revelada. Calcula-se que todo este escândalo tenha feito perder à Volkswagen quase 30 mil milhões de euros. Winterkorn enfrenta até 10 anos de prisão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Elon Musk obtém apoio dos acionistas para um pacote salarial de 52 mil milhões de euros

China já reagiu a decisão de União Europeia sobre tarifas nos carros elétricos

Eleições europeias: será que a onda de extrema-direita vai pressionar o sector das energias renováveis?