"O 5G não é uma evolução, é uma revolução"

"O 5G não é uma evolução, é uma revolução"
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

De motos voadoras até aos últimos desenvolvimentos das cidades inteligentes e da Inteligencia Artificial. Juntamo-nos aos mais de 150 mil visitantes da última edição do GITEX, no Dubai.

PUBLICIDADE

Todos os anos, mais de 150.000 pessoas vêm ao Dubai para participar no GITEX, a principal exposição de tecnologias de informação do Médio Oriente. Este ano o evento promete marcar o ponto de viragem na chegada do 5G, nas chamadas "cidades Inteligentes e como o "big data" está a impulsionar a Inteligência Artificial.

Na 39ª edição deste encontro estão presentes mais de 4500 empresas que apostam na inovação e nas tecnologias do futuro.

Trixie LohMirmand, do departamento de eventos do Dubai World Trade Centre, explica que "a tecnologia não tem efeito até que se perceba como se utiliza e se aplica nos diferentes setores de atividade. Sem essa compreensão, a tecnologia não teria impacto na evolução das empresas, da sociedade e meio ambiente.  No GITEX, estamos orgulhosos de apresentar muitos exemplos de diferentes usos e orgulhosos de conseguir que este evento seja indispensável para que o grande público perceba que a tecnologia está a mudar a nossa vida, elevando tudo o que fazemos para outro nível."

Espera-se que a evolução da Inteligência Artificial faça crescer o PIB Mundial em cerca de 14%, o que equivale a mais de 14 biliões de euros, ou seja, todo o PIB da Europa em 2016. Só na economia dos Emirados Árabes Unidos, o impacto será de 110 mil milhões de euros.

A inteligência artificial está a mudar as regras do jogo em vários setores. O próximo nível é o 5G, a quinta geração de tecnologia móvel. Isto permite que a Inteligência Artifical se alimente a um ritmo exponecialmente mais rápido graças à grande capacidade de dados que podem ser usados.

Trixie LohMirmand sublinha que "os Emiratos Árabes Unidos vão ser o primeiro país árabe onde vai ser lançado o 5G, esperando-se que até 2024 existam 30 milhões de subscritores móveis de 5G. Este enorme impacto não é uma evolução mas uma revolução. Além disso, existe a Inteligência Artificial. Sabemos que vão ser criados milhões de postos de trabalho. Por isso, queremos garantir que estamos na vanguarda para educar e apoiar o ecossistema na aplicação e aprendizagem de todas essas tecnologias no futuro."

O Etisalat Group está a fazer progressos para mostrar como os novos sistemas mais rápidos podem funcionar melhor com a realidade aumentada, a Inteligência Artificial e a robótica.

O 5G pode alcançar uma velocidade 100 vezes superior ao 4G, com um impacto direto no nosso dia a dia, desde as casas inteligentes, à medicina ou aos transportes.

Ahmed Bin Ali, responsável de comunicação do Etisalat Group, lembra que "este ano foram apresentadas várias soluções para o setor dos transportes. Por exemplo, um carro autónomo, sem condutor, sem volante e pode levá-lo de um sítio ao outro. Outro exemplo é uma moto voadora, elétrica, uma Maserati com um motor de oito cilindros. Em apenas 60 segundos pode passar do mode de condução ao modo de voo.

Diria que o mundo do 5G é um universo sem limites. Não há nenhum setor que não beneficie com o 5G. As novas tecnologias e em concreto o 5G estão a dominar o futuro digital para melhorar a sociedade.

A evolução do 5G avança a toda a velocidade. Os custos de a implementar e adquirir, bem como o aumento das preocupações em máteria de cibersegurança são alguns dos desafios que enfrentam a empresas tecnológicas à medida que entramos numa nova era digital.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Emirados Árabes Unidos apostam no turismo desportivo

PME destacadas em Praga em clima de incerteza

Dubai põe 200 mil robôs ao serviço da economia