Aeroporto de Orly encerra devido à pandemia

Aeroporto de Orly encerra devido à pandemia
Direitos de autor PHILIPPE LOPEZ/AFP or licensors
De  Patricia Tavares
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Companhias aéreas e aeroportos em situação problemática.

PUBLICIDADE

A pandemia de coronavírus deixa companhias aéreas e aeroportos numa situação problemática. O aeroporto de Orly, no sul de Paris, usado principalmente para voos de curta distância - encerra até novas ordens - informou a operadora aeroportuária ADP em comunicado.

O tráfego de passageiros em Orly caiu 92% em relação ao mesmo período do ano passado. "Orly faz uma pequena pausa, mas a comunidade do aeroporto já se prepara para receber passageiros, companhias aéreas, parceiros e funcionários assim que as operações voltarem ao normal - lê-se no twitter.

A IATA também recorre às redes sociais para informar os passageiros sobre a mais grave crise que o setor aéreo está a enfrentar. Devido à queda da procura, as perdas vão ultrapassar a queda nos números vivida na altura do 11 de setembro e na altura da crise financeira.

Perante a situação global, o governo italiano viu-se obrigado intervir e a renacionalizar a Alitalia. Uma medida que vai custar aos contribuintes pelo menos 600 milhões de euros.

Outras companhias aéreas já disseram que precisariam de ajuda do governo perante esta crise sem precedentes, provocada pelo coronavírus. Mas a Alitalia é relativamente pequena em comparação com, por exemplo, a Lufthansa - que custaria muito mais aos contribuintes.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Grécia retomas voos comerciais com novas medidas

Diretor executivo da Web Summit, Paddy Cosgrave, confirma regresso após comentários sobre Israel

Crise de emprego na UE: Candidatos não têm as competências adequadas